Mercado Livre de Energia

Conheça o Mercado Livre de Energia

Criado em 1995, este sistema oferece oportunidades para a realização de operações que viabilizem a transferência de risco das flutuações dos preços de energia.

O mercado livre de energia no Brasil surgiu em 1995 para estimular a livre concorrência e, assim, reduzir os custos de energia elétrica. O consumidor livre pode traçar suas próprias estratégias e negociar livremente as condições comerciais de contratação da sua energia. Isto possibilita ao consumidor de energia desenvolver sua própria estratégia para contratação de energia, tendo a liberdade para negociar as condições contratuais, tais como preço, prazo e indexação, ajustando às suas necessidades.

O consumidor livre continua pagando uma fatura referente ao serviço de distribuição para a concessionária local  de energia (parcela fio) e uma ou mais faturas referentes ao montante de energia contratado, sendo esta última negociada diretamente entre consumidor e fornecedor.

faturas

A contratação de energia de longo prazo assegura ao consumidor o preço de energia. Desta forma o consumidor livre não fica sujeito às oscilações tarifárias em momentos de crise energética.

Sendo a migração para o Ambiente de Contratação Livre um processo que exige cuidados técnicos e jurídicos, além de cumprimento de prazos, a IBS Energy se destaca por oferecer todo suporte para as empresas interessadas migrarem com maior segurança e menor tempo, respeitando todos os prazos estipulados pelo órgãos administrativos e regulatórios.

Benefícios de migrar para o mercado livre de energia

Redução de Custos

Principal vantagem para quem opta por migrar do Ambiente de Contratação Regulado (mercado cativo) para o Ambiente de Contratação Livre (mercado livre). O consumidor passa a negociar suas condições comerciais, como preço, prazo e indexação, ajustando ao seu consumo e obtendo economias ao longo dos anos.

Previsibilidade Orçamentária

Como o consumidor pode negociar seus contratos de energia com duração de longo prazo, é possível fazer previsão de orçamento de energia para os próximos anos e não ficar exposto às variações e adversidades do mercado cativo.

Gestão do insumo energia elétrica

No mercado livre as empresas passam a fazer a própria gestão do insumo energia, isto é, traçam as próprias estratégias de contratação de energia, o melhor momento de contratação e as particularidades dos contratos.

Como surgiu o mercado livre de Energia no Brasil

O mercado livre de energia foi criado durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, em 1995, com a Lei 9.074. Ao criar esse mercado, o objetivo do governo foi estimular a livre concorrência, criando maior competitividade entre as empresas brasileiras e proporcionando a redução dos custos com energia elétrica. Atualmente, há mais de 1.800 consumidores usufruindo os benefícios do mercado livre.

No mercado livre de energia, o consumidor pode escolher o seu fornecedor de energia elétrica em toda a extensão do Sistema Interligado Nacional (SIN), conforme sua conveniência, bem como o melhor preço, ofertado pelos geradores ou agentes comercializadores.

Dimensões do mercado livre de energia

Os consumidores livres e especiais representam cerca de 26% de toda energia consumida no Brasil. Atualmente, 2.959 consumidores atuam no Ambiente de Contratação livre. (Fonte: CCEE)